Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Acidente entre trens em SP deixou 38 feridos, dizem bombeiros


O acidente entre dois trens na Linha 7–Rubi, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) deixou 38 pessoas feridas - duas delas em estado grave, com traumatismo craniano -, segundo informou o major Nilton Miranda, do Corpo de Bombeiros, às 11h desta quarta-feira. A Secretaria Municipal de Saúde confirmou no horário que pelo menos 30 pessoas se feriram.
Segundo a CPTM, um trem de manutenção bateu na traseira de uma composição que levava passageiros, às 8h50, na Estação Vila Clarice, na Praça Comendador Souza Cruz, na região do Jaraguá. 
Segundo a secretaria, duas vítimas foram levadas para o Hospital Geral de Taipas, 14 foram para o Hospital Geral da Vila Penteado e 14 para o Pronto-Socorro de Pirituba. Não havia informações sobre o estado de saúde delas até as 11h.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, dos 38 feridos, 28 foram socorridos pelos bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os demais foram socorridos por quem passava no local. Às 11h, os bombeiros ainda faziam o resgate de vítimas.
O acidente aconteceu no sentido do Centro da capital -  a Linha 7-Rubi liga a região da Luz à cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo. Pelo menos 11 unidades do Corpo de Bombeiros haviam sido mobilizadas até as 9h10 para socorrer as vítimas.
De acordo com a CPTM, o sentido Luz da linha estava bloqueado às 10h na região em que o acidente aconteceu. Por causa da interdição, os trens circulavam em via única entre as estações Vila Clarice e Luz, em ambos os sentidos. O problema causava maiores intervalos na circulação das composições e velocidade reduzida na Linha 7.

Fonte:
Opinião
Como bem mostra a matéria as causas do acidentes serão investigadas. Uma coisa interessante que gostaria de mostrar e que acidentes, falhas seja de equipamentos ou humana ocorrem em qualquer lugar do mundo, embora nunca desejamos que isso aconteça.
Aqui no Rio de Janeiro se um trem tem uma falha já é motivo de quebra quebra, como aconteceu recentemente na cidade. Os órgãos competentes precisam fiscalizar para evitar incidentes, e falhas nos equipamentos que obviamente deixa qualquer um revoltado. Mas a população precisa aprender a se comportar de forma civilizada.
No dia do quebra quebra aqui no Rio, na reportagem da TV Globo mostrou uma mulher que estava dentro do trem que teria tido uma pane, passando mal, ao sair do trem, enfrente as câmeras, logicamente, a mulher desabou, em um desmaio de deixar Gloria Pires com inveja.
Uma coisa tenho que admitir. Nos cariocas alem de barraqueiros, nascemos com espírito artístico na veia! O  Oscar e nosso!!

Uanderson


0 comentários:

Postar um comentário