Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Em Aracaju: médico-cirurgião assaltava estudantes da Universidade Tiradentes - UNIT

O inquérito que investigava os assaltos cometidos pelo médico-cirurgião Guilherme Littig Gomes de Oliveira, 31 anos, foi concluído pela delegada Mayra Moinhos, da 4ª Delegacia Metropolitana, foi  encaminhado para a justiça nesta quarta-feira (23/04). O acusado responderá pelos crimes de roubo e direção perigosa.

Segundo as investigações, o médico é acusado de ter assaltado seis vezes nas imediações do campus Farolândia da Universidade Tiradentes (UNIT), localizado em Aracaju (SE). Todas as vítimas eram mulheres. A prisão do acusado ocorreu no dia 14 de abril desse ano, na avenida Heráclito Rolemberg, em Aracaju (SE).

Durante a abordagem, Guilherme estava em um veículo Celta, utilizado nos assaltos, desobedeceu a ordem de parada e fugiu pela avenida Heraclito Rolemberg e, nas proximidades de acesso à avenida Beira Mar, perdeu o controle da direção e bateu em três veículos.  Após o acidente, ele saiu do carro e se entregou. 

Na delegacia, foi constatado que Guilherme é um cirurgião-geral e trabalha no Hospital de Urgência de Sergipe desde 2007. Ele confessou que acordou com crise de abstinência e como não tinha dinheiro para comprar crack decidiu roubar estudantes. Os policiais apreenderam dentro do veículo quatro bolsas femininas, contendo celulares, carteiras com documentos, dinheiro e outros pertences pessoais.

Fonte: Jornal de Sergipe


0 comentários:

Postar um comentário