Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 9 de abril de 2014

COI descarta a possibilidade do Rio deixar de ser sede da Olimpíada

Rio - Depois do susto de terça-feira, quando cogitou-se um plano B para as Olimpíadas, o COI afirmou que o Rio de Janeiro não corre risco, pelo menos por enquanto, de perder os Jogos de 2016. O Comitê explicou que a declaração foi em relação aos locais de competição de determinados esportes. Dessa maneira, algumas modalidades podem ser disputadas em outras cidades do Brasil.

"Ainda não chegamos a este ponto (de retirar os Jogos do Brasil)", disse Francesco Ricci Bitti, membro da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 e presidente da Associação das Federações Internacionais Olímpicas de Verão e da Federação Internacional de Tênis.

São Paulo surgiu como opção para receber o basquete. O presidente da Federação Internacional do esporte, inclusive, foi o idealizador da mudança de algumas sedes para para outros municípios brasileiros, por conta dos atrasos nas obras. O presidente do COI admitiu que os problemas com o Rio de Janeiro preocupam.

"Em janeiro, quando estive no Rio, eu disse que nenhum dia poderia ser perdido. Depois da inspeção da comissão de coordenação há algumas semanas, eu disse que sequer uma hora poderia ser perdida. Nós compartilhamos estas preocupações. É hora de agir", afirmou.

Fonte: O Dia


0 comentários:

Postar um comentário