Rio de Janeiro - Brasil

domingo, 11 de dezembro de 2011

“Piririm, piririm, piririm. Alguém ligou pra mim”?, Detendo e flagrado com celular escondido no “ fiofó”.


Um homem detido no instituto Penal Vicente Piragibe, dentro do complexo de gericinó, zona oeste do Rio, foi pego por inspetores de segurança do presídio . Ele estava com um telefone celular escondido no “ brioco”.
O detento chamou a atenção dos inspetores porque andava como se estivesse apertado para ir ao banheiro, ou praticando marcha atlética. Os inspetores então solicitaram ao detento para sentar-se no “ banquinho detector de metais”, que é usado para revistar visitantes e impedir que entrem com drogas e celulares escondidos em áreas, digamos bizarras.
O aparelho detectou o “ corpo estranho” dentro do detento que  confessou estar com um celular em área “fora de cobertura”. O próprio detento retirou o aparelho das fossas abissais.
Segundo os agentes o celular pode ter sido levado por algum parente ou amigo durante a visita. Será investigado se o celular era utilizado pelo detendo para manter contato com a família e comparsas ou na pratica de disque extorsão, ou as duas coisas.

Jornal Meia Hora                                                                                                                        
Uanderson

0 comentários:

Postar um comentário