Rio de Janeiro - Brasil

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Ascensão para 6ª economia foi 'presente de Natal' para Dilma, diz jornal



A notícia de que o Brasil superou a Grã-Bretanha e agora seria a sexta maior economia do mundo ''foi o melhor presente de Natal com o qual poderia ter sonhado o governo Dilma Rousseff'', de acordo com o jornal argentino La Nación.
A ascensão brasileira foi registrada em um relatório divulgado na segunda-feira pelo instituto de pesquisas britânico Center for Economic and Business Research (CEBR).
Mas o diário destacou ainda que o ministro da Fazenda do Brasil, Guido Mantega, ''celebrou com cautela...e ressaltou que o Brasil ainda tem muita estrada pela frente para alcançar o nível de vida da União Europeia''.
Mantega comentou os resultados do ranking divulgado pelo CEBR e afirmou que os brasileiros só virão a ter um padrão de vida semelhante ao europeu dentro de 10 a 20 anos.
Hexacampeão
De acordo com o jornal, o estudo do CEBR, amplamente noticiado pelos jornais britânicos, ''saltou de imediato para o outro lado do Atlântico, onde os meios brasileiros, um tanto incrédulos, festejaram o feito como se tivesse tratado da sexta vitória da Seleção Nacional no Mundial de futebol''.
O diário australiano The Australian aproveitou para ironizar seus antigos colonizadores com uma reportagem intitulada Ai! Brasil depila Grã-Bretanha, em referência ao celebre método de depilação brasileira, o brazilian wax.
O jornal segue no mesmo tom, dizendo que ''eles (os brasileiros), que já os bateram no futebol e superam o mundo em se tratando de festejar, agora ultrapassam a Grã-Bretanha nos rankings de economia mundial''.
O espanhol El País chama o Brasil de ''gigante sul-americano'' e comenta que o país conseguiu superar a Grã-Bretanha devido ao ''crescimento incessante da economia brasileira''.
Fonte:

Opinião

Pelo que andei lendo por ai existe muito pessimismo do brasileiro a seu próprio Pais. Na parte dedicada a comentários dos leitores a maioria dos participantes receberam a noticia da ascensão a 6ª posição da economia mundial de forma negativa.
 
Pessoal por favor vamos ser patriotas, e lógico que há muito que ser feito para que todos os brasileiros possa usufruir desse desenvolvimento, mas essa noticia mostra que nosso Pais esta no caminho certo.
Tenho 31 anos, e lembro-me da minha infância, onde tudo era difícil, fazer um simples crediário para comprar um tênis, (já que na época, comprar a vista era muito complicado)era para poucos.
Carne na mesma, isso era uma “ iguaria” para poucos. Hoje nota-se uma diferença gigantesca na qualidade de vida,sobre tudo para os mais pobres. O Brasil apesar de sexta economia mundial levara ainda alguns anos para que possamos vê-lo como uma nação desenvolvida, mas estamos na direção certa e acredito que isso é motivo de comemoração sim.
Para aqueles que preferem o Brasil da desesperança, dou um conselho: “ arrumam os trapos de bunda e saiam do Pais, Bangladesh os espera!”
Uanderson

0 comentários:

Postar um comentário