Rio de Janeiro - Brasil

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Brasil poderá contratar medicos estrangeiros



O governo federal decidiu importar médicos para suprir a falta de profissionais em programas de atenção básica, como o Saúde da Família, e em cidades do interior do País. A medida, que será anunciada pela presidenta Dilma Rousseff, inclui a flexibilização das normas de validação de diplomas obtidos em faculdades estrangeiras.

A decisão, que deverá ser anunciada até o fim de fevereiro, prevê a contratação de milhares de médicos. O governo acredita que muitos cubanos serão atraídos pelos novos empregos.

Fonte:

Opinião

Ao ler essa noticia de inicio me assustei, porque me pergunto: Será que é necessário contratar “milhares” de médicos para o Brasil com tantas faculdades de medicina? Também isso serve como reflexão. O curso de medicina sempre foi muito fechado ao ingresso, mensalidades completamente fora da realidade brasileira, em algumas instituições o valor pode chegar a sete mil reais por mês, fora matricula que e o valor da mensalidade.

Isso por si só já da um “chega para lá” em muitos interessados na profissão, mas que não possuem condições socioeconômicas que o curso exige. E agora uma avalanche de médicos cubanos podem adentrar na medicina brasileira, onde não se sabe a qualidade do curso que os formaram por lá. Deixaram de dar oportunidade para brasileiros e agora irão contratar estrangeiros.

Uanderson

2 comentários:

  1. Já é hora do Brasil se consolidar como um país pluralista e diverso como revela sua perspectiva de uma nação em franco desenvolvimento.
    Em países como USA e UK são mais de 35% de médicos estrangeiros atuando, inseridos no seu sistema de saúde com bons resultados.
    Basta detse corporativismo em que poucos ganham tanto e se negam a reconhecer que existe tantas pessoas como tanto serviço para ser realizado...
    O povo brasileiro agradece...
    Dr. Silveira

    ResponderExcluir
  2. Já é hora do Brasil se consolidar como um país pluralista e diverso como revela sua perspectiva de uma nação em franco desenvolvimento.
    Em países como USA e UK são mais de 35% de médicos estrangeiros atuando, inseridos no seu sistema de saúde com bons resultados.
    Basta detse corporativismo em que poucos ganham tanto e se negam a reconhecer que existe tantas pessoas como tanto serviço para ser realizado...
    O povo brasileiro agradece...
    Dr. Silveira

    ResponderExcluir