Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 26 de janeiro de 2013

Motorista e preso em Cuiabá acusado de abusar sexualmente de menino.



O motorista S.S, de 35 anos, foi preso acusado de abusar sexualmente de um menino de seis anos no bairro Morada do Ouro. Conforme a polícia, o suspeito amordaçou e amarrou a vítima. O garoto relatou à Polícia que estava brincando com amigos quando S.S o puxou pelo braço e o levou para dentro da casa dele.

Acrescentou que depois de ter um pano colocado na boca, teve mãos e pés amarrados. Em seguida, o menino foi estuprado. A prisão ocorreu anteontem à tarde no próprio bairro.

Segundo o menino, o acusado ainda o ameaçou dizendo que se contasse para alguém, o mataria. O crime ocorreu em outubro do ano passado e, após receber a denúncia, policiais da Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) conseguiram comprovar o abuso sexual.

Anteontem, o suspeito teve a prisão preventiva, que foi expedida no mês de novembro de 2012 pela 8ª Vara Criminal de Cuiabá, cumprida. Preso, ele vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Ele saiu indiciado da Delegacia.

Em depoimento ao delegado Eduardo Botelho, o suspeito negou ter praticado o crime e disse estar sendo vítima de uma armação. Ele era vizinho da criança e não sabe o motivo de ser acusado de um crime desses.

Na época do crime, no entanto, policiais militares, acionados por familiares para prender o suspeito, conseguiram apreender na residência do acusado uma pomada idêntica a usada no menino e uma camiseta suja de sangue e fezes. O material foi encaminhado para a perícia.

Os policiais explicaram que o menino está tendo toda assistência psicológica, uma vez que já conversou com a equipe de técnicos da Delegacia e terá toda assistência possível. “É um trauma que pode deixar e geralmente deixa sequelas. Daí, a importância do acompanhamento”, lembrou um policial.

O delegado acrescentou que o inquérito policial será concluído em 10 dias e encaminhado ao Fórum Criminal. O suspeito será encaminhado a uma unidade prisional da Grande Cuiabá. Por medida de segurança, o nome do presídio não foi divulgado.

Fonte:



Opinião

Como bem lembra a reportagem, abusos como esse deixam marcas psicológicas, esse menino terá que passar por acompanhamento por longo período para tentar minimizar os estragos que esse monstro deixou na criança.

Mais uma vez lembro a importância da denuncia, se você tem conhecimento de algo parecido, ou seja crianças sofrendo abusos, as vezes esses abusos são cometidos dentro da propria residência por parentes, pai, padrasto, tio, a criança sofre, muitas vezes há pessoas que sabem ou desconfiam que algo de errado esta ocorrendo, mas por medo, finge que não vê.

Não se intimide, denuncie para o disk 100, a ligação e gratuita e o sigilo e absoluto, a policia não ira revelar ao acusado quem fez a denuncia, não vire o resto para o sofrimento alheio, denuncie!

Por Uanderson


0 comentários:

Postar um comentário