Rio de Janeiro - Brasil

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

$ilas Malafaia diz que lista de pastores mais ricos é 'safadeza




São Paulo -  O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que vai processar a revista americana Forbes por ter apontado ele como o terceiro pastor mais rico do Brasil, com um patrimônio avaliado em US$ 150 milhões. "Vou ferrar esses caras (da Forbes)", declarou Malafaia, informando que seu patrimônio está estimado em R$ 6 milhões, o que não chegaria a 2% dos que o publicado.

Vivo de renda voluntária. Eles me prejudicaram. (O fiel) vê aquilo e pensa, 'ih, não vou (dar o dízimo), tá me roubando", afirmou. Malafaia disse que a maior parte do seu patrimônio é formada por nove imóveis, uma estimada em R$ 2,5 milhões, apartamentos avaliados em R$ 400 mil cada um, e um apartamento em Boca Raton, na Flórida, no valor de R$ 500 mil.

Em sua página oficial no Facebook, Malafaia disse que vai se defender da “safadeza” inescrupulosa da Forbes. O texto, assinado por Malafaia, diz que "existe um jogo muito bem organizado para denegrir pastores evangélicos a fim de que a sociedade tenha uma ideia de que pastor é um malandro usurpando dinheiro de imbecis e idiotas."

Malafaia diz que todo o seu patrimônio foi declarado à Receita Federal e que entrará com processo contra a Forbes para provar a mentira. Segundo a Forbes, os dados mostrados na reportagem foram obtidos com o Ministério Público e a Polícia Federal. À frente de Malafaia, estão Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, e Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus.

"Se juntarmos a receita da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que não é minha, mais a receita da Associação Vitória em Cristo, que não é minha, com mais o faturamento da Editora Central Gospel, que é minha propriedade, mais as ofertas voluntárias que recebo por palestras dadas, não dá a metade do que eles anunciaram como receita pessoal minha. É só para vocês verem a safadeza e a cachorrada desses inescrupulosos", diz um trecho da carta. 

Fonte: O Dia


Opinião:

É safadeza mesmo, muitas pessoas no desespero vão a igreja, em busca de milagres, são pessoas desempregadas, doentes ou com alguém doente na família, pessoas que vislumbram a pregação da prosperidade, como vemos em algumas igrejas depoimentos de fies dizendo que era falido e após freqüentar as reuniões ganhou emprego com ótimo salário, carro na garagem e o escambau!

Existem religiões, ou seitas por ai que também pregam isso, ou seja o ganho material, esses indivíduos também precisa dar sua alma, mas vamos deixar quieto....

A questão é, que no desespero essas pessoas dão tudo que tem, ate a casa, porque esperam que em troca ganharão o dobro. Eu acredito que quando uma pessoa vai buscar a Deus, ela deve ter primeiramente seu desejo pela salvação e não bens matérias.

A própria palavra de Deus diz:” Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Mateus 6:19-20

Em outra mensagem a bíblia também diz: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33

Por isso eu acho realmente “safadeza” uma pessoa se tornar milionário, bilionário, pregando esse tipo de coisa, vivendo do desespero de uns e quando alguém diz a verdade, que hoje muitas igrejas viraram verdadeiros caça níqueis, os chama de safados?

Quando esses mesmos pastores não aceitam determinadas atitudes de terceiros ou criticas , eles também não usam sua mídia para disparar sua metralhadora giratória? O que é isso? eles podem apontar para os outros, mas a recíproca não pode ser a mesma?

E por essas e outras que acho que o Brasil precisa ficar atento para esse ganho de poder que certos grupos vem tendo, com domínio de midia televisão, internet, jornal e ate partido político. Pois a cada dia vemos a intromissão deles na política e de certa forma no rumo que o Pais adota.

Pois isso deixa de certa forma o Pais pouco a pouco nas mãos desses grupos, vemos o caso do bispo Waldemiro que ganhou a pouco tempo o passa porte diplomático que não e oferecido a qualquer um. Se eles vem como um rolo compressor quando alguém os critica, imaginem daqui a alguns anos quando eles forem maioria e tiverem um poder totalizador? Nos transformaremos no novo ”Irã” !

Por Uanderson

2 comentários: