Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 26 de janeiro de 2013

RN: Falta de necrotomista deixa corpo por mais de nove horas na rua.


Ontem pela manhã, na rua Francisca Alves, conhecida como "Rua dos Cabarés", em Baraúna, um rapaz foi assassinado e a sua mãe ferida à bala. Maycon Charlison de Mendonça sofreu vários tiros disparados por um desconhecido e morreu na calçada de sua residência.

Sua mãe, baleada no ombro, foi socorrida para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, onde está internada.
 
O detalhe revoltante foi que o corpo de Maycon Charlison permaneceu por mais de nove horas no local do crime, sem que os peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) o recolhecem.

O motivo da demora para remover o cadáver seria a falta de necrotomista de plantão. A funcionária escalada adoeceu e apresentou um atestado médico, ficando sem substituto.
A direção do Itep local recorreu à unidade de Natal para que um necrotomista substituto fosse enviado com urgência.

A revolta de familiares e amigos da vítima era visível em Baraúna, uma vez que a todo instante populares ameaçavam tirar o corpo do rapaz do chão, tendo que ser contidos por policiais militares que resguardavam a cena do crime. 

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 9h um elemento passou pela rua, viu Maycon conversando na calçada de casa com sua mãe e atirou contra eles.
 
Maycon foi atingido no tórax e cabeça e morreu imediatamente. Populares contaram aos policiais que Maycon tinha envolvimento com drogas.
O crime será investigado pela Polícia Civil.

Fonte:



0 comentários:

Postar um comentário