Rio de Janeiro - Brasil

domingo, 6 de janeiro de 2013

Site americano constata: Niterói é a cidade com mais mulheres bonitas por m².








Na hora da paquera, não há ponte engarrafada que segure os cariocas rumo à capital da beleza. É para Niterói que eles correm para admirar — em acirrada disputa com os locais — a fartura de belas mulheres. A explicação é matemática. O site americano AskMen contou a quantidade de moças bonitas por metro quadrado e deu à Cidade Sorriso mais motivos ainda para mostrar os dentes: Niterói ficou em primeiro lugar na pesquisa internacional.

O município da Região Metropolitana desbancou Milão, na Itália, Copenhague, na Dinamarca, Miami e Los Angeles, nos Estados Unidos, e Montreal, no Canadá.

O economista Bruno Previtali, 30 anos, foi um dos cariocas que atravessaram a Baía de Guanabara. Depois de conhecer uma niteroiense, nunca mais largou dela e da cidade. “Fui para a UFF estudar, mas quando cheguei em Niterói vi que a cidade só tinha mulheres lindas. Não é à toa que conheci minha esposa. Nosso plano agora é morar em Niterói”, adianta ele, casado há 10 meses com a gerente de Marketing Paula Finizola, 30.

O bairro que fez a diferença na pesquisa americana foi Icaraí, na Zona Sul do município. O local, que segundo o Censo de 2010 abriga 44.940 mulheres, foi apontado como o de maior concentração de beldades nas ruas. Quem mora lá assina embaixo.

“É muita concorrência mesmo! Tem pessoas bonitas por todos os lados. E em Icaraí, todos se vestem bem, estão sempre arrumados. Quando saio de casa não posso sair com qualquer roupa. Tenho que pelo menos passar uma maquiagem e arrumar o cabelo”, contou a estudante de Medicina, Nathalia do Monte Lima Grisoli, 21.

Não à toa, é grande a lista de modelos de Niterói que fazem sucesso no mundo. Uma delas é Juliana Galvão, que nasceu e cresceu no bairro Boa Viagem. “Aqui tem realmente muita mulher bonita. A cidade é linda, combina. Acho que porque as pessoas que moram aqui se cuidam mais. Talvez também pela alta qualidade de vida que temos em Niterói”, avalia.

Fonte:

0 comentários:

Postar um comentário