Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Oito estados detêm quase 80% da economia brasileira



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (24) pesquisa sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nos Estados Brasileiros. A pesquisa mostra que as regiões Centro-Oeste e Nordeste cresceram mais que a média nacional, e aumentam a participação no PIB do Brasil. No entanto, esse avanço é pequeno, e o Brasil continua muito desigual.
Os dados do IBGE mostram que São Paulo continua concentrando a maior parte do PIB brasileiro; que Rondônia foi o Estado que mais cresceu; e que o Estados mais dependentes da exportação de minério de ferro tiveram fortes quedas na economia. Os dados são referentes aos anos de 2008 e 2009.
Os dados foram divulgados hoje (23) pelo Instituo Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) no estudo Contas Regionais de 2005 a 2009. Os resultados do estudo mostraram que a região Nordeste aumentou sua participação na economia nacional. Entre 2008 e 2009, sua participação no PIB do País passou de 13,1% para 13,5%. O Centro-Oeste também evoluiu de 9,2% para 9,6%. Apesar disso, ainda é grande a concentração da economia brasileira.
Oito estados detêm quase 80% da economia nacional. Deste montante, São Paulo detém um terço: 33,5%. Além disso, ao contrário do cenário geral de maior distribuição, o estado paulista teve sua participação aumentada de 33,1% em 2008 para 33,55% em 2009. A ele, seguiram-se os estados do Rio de Janeiro (10,9%), Minas Gerais (8,9%), o Rio Grande do Sul (6,7%), Paraná (5,9%), a Bahia (4,2%), o Distrito Federal (4,1%) e Santa Catarina (4%).
Em 2009, Rondônia foi o estado com melhor desempenho, com evolução de 7,3%, mas sua participação no PIB nacional continua relativamente baixa: 0,6%. Em 2009, o menor PIB per capita brasileiro foi o do Piauí (R$ 6.051,10), bem abaixo da média nacional (R$ 16.917,66), ao passo que o maior foi o do Distrito Federal (R$ 50.438,46). O PIB per capita potiguar é de R$ 8.893,90.
Com informações do IBGE.
Fontes:
http://www.omossoroense.com.br/economia/10887-pib-potiguar-tem-o-pior-crescimento-em-termos-de-evolucao-do-nordeste


http://revistaepoca.globo.com/Negocios-e-carreira/noticia/2011/11/pib-continua-concentrado-no-sul-e-sudeste-diz-ibge.html


Opinião
Como puderam conferir a matéria mostra que apesar do desenvolvimento de nosso País, a regra continua a mesma, os Estados Ricos continuam mais ricos, e os mais pobres continuam pobres.
Para amenizar a noticia abaixo um vídeo do grupo “ As meninas” com a musica” Bom xibom, xibom, bombom” que de maneira irreverente resulme o que acabei de dizer.


O video esta no YouTube

Fonte:
http://www.youtube.com/watch?v=ERxmkr1E-ZI

0 comentários:

Postar um comentário