Rio de Janeiro - Brasil

sexta-feira, 7 de março de 2014

O Dia: Pai espanca filho de 16 anos por ser gay

Três Lagos - Mais uma violência pautada na homofobia assustou o Brasil esta semana. Em Três Lagos, no Mato Grosso do Sul, um menino de 16 anos apanhou do pai por ser homossexual. Foi a mãe do menino quem denunciou o marido à Polícia Civil.

"Ninguém pode ser discriminado por sua opção sexual, a qual deve ser respeitada por todos", disse o delegado Paulo Henrique Rosseto de Souza, titular da 1ª Delegacia de Polícia do município, onde foi registrado o boletim de ocorrência.

Segundo a mãe, o pecuarista agrediu fisicamente e trancou o filho em um quarto sem energia elétrica. "Ele bateu na cara do menino, derrubou ele no chão, montou em cima e continuou dando socos e tapas em seu rosto e humilhando, dizendo que gay tem que apanhar mesmo, que é lixo, vagabundo", contou a mulher à polícia.

A mãe ainda relatou que para salvar o menino, ela e os outros filhos o levaram para a casa da avó. Mesmo assim, o pai foi até lá e voltou a agredi-lo. "Bateu a cabeça do menino no chão e dizia que estava 'endemoniado' e que iria tirar o capeta dele na unha", contou

O próprio pai levou o jovem ao hospital após as agressões. Segundo testemunhas, o pecuarista amarrou uma corda na perna do menino, ameaçou joga-lo para fora do carro e e arrastá-lo pela rua.

A mãe do menino pediu medidas protetivas para que o pai não se aproxime dela e do filho.

Fonte: O Dia

OPINIÃO:

Quem é que estava endemoniado? O filho que apenas quer ter o direito de viver a vida que escolheu? Ou o Pai que estava tentando matar o filho a porrada?

Parabéns para a mãe que defendeu seu filho, ao contrario de algumas que ate fingem que não estão vendo! Vale lembrar que semanas atrás um garoto de oito anos morreu após ser espancado pelo pai, simplesmente porque o menino não queria cortar o cabelo. Além disso o “pai” disse que o garoto gostava de dança do ventre.......

UAN Noticias


0 comentários:

Postar um comentário