Rio de Janeiro - Brasil

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Homem sobrevive após ter barra de ferro atravessada na cabeça






Um homem foi atendido por uma equipe de emergência após ter uma barra de metal atravessada na cabeça enquanto carregava materiais de sua antiga casa, em Leye County, na província de Guangxi, na China. Identificado apenas como Ho, de 50 anos, o homem foi submetido a uma cirurgia e "milagrosamente" sobreviveu. Ele foi atingido de forma surpreendente, do lado direito da sua testa, com a barra de metal saindo pelo lado esquerdo do seu maxilar.

Os paramédicos que atenderam o chamado de emergência ficaram espantados com a extensão do ferimento de Ho, porém mais espanto provocou o fato do chinês estar vivo, consciente e relativamente lúcido.

Ho foi encaminhado ao hospital ao Ley County Hospital e médicos acreditam em uma recuperação completa. Para retirar a barra de metal, foram convocados especialistas em corte e remoção do Corpo de Bombeiros.

Após o corte do material externo, o homem foi transferido para uma unidade cirúrgica adequada para retirada do objeto de metal presente dentro do crânio. Exames feitos antes da cirurgia mostram a espessura da barra de ferro.

Segundo os médicos, o homem foi "sortudo", pois caso a barra tivesse perfurado um ângulo diferente do crânio, teria certamente atingido o cérebro e o globo ocular de Ho, provocando assim sua provável morte.

Casos como o de Ho são raros, mas não desconhecidos. Em maio do ano passado, em Araruama, Elisângela Borborema Rosa, de 28 anos, deu entrada no Hospital Estadual Roberto Chabo para uma série de exames. O fato inusitado é que a mulher tinha um um arpão atravessado na cabeça.

Ela foi atingida acidentalmente por um disparo feito pelo marido, Adriano Goulart. O
instrumento entrou pela mandíbula e fraturou a coluna dela.

Após um procedimento cirúrgico de quase três horas, Elisângela escapou da morte. Ela não teve sequelas.

Fonte: O Dia

0 comentários:

Postar um comentário