Rio de Janeiro - Brasil

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Promiscuidade e não uso de preservativos elevam casos de contagio do HIV entre homens jovens.




Nesta terça feira o ministério da saúde deu inicio a campanha de mobilização para prevenção e testagem da siflis, HIV e hepatites virais. No evento o ministério da saúde revelou que em 2011 ocorreu 38.800 novas infecções de HIV e que quase a metade ocorreu entre homens de 15 a 24 anos que mantém relações sexuais com outros homens.
Pelos dados mostrados pode dar a sensação que ainda existem os chamados “grupos de riscos”, e neste caso, homens que fazem sexo com outros homens estariam neste grupo. O que precisa ser entendido e que não existe grupo de risco e sim comportamento de risco.
O problema não e o cara fazer sexo com outro homem, usando um termo grosseiro, digo que o vírus HIV não tem tropismo pelo “cu” de homem. O que esta provocando aumento de contagio neste grupo e o fato desse grupo especifico, homens jovens, estarem fazendo sexo sem preservativo.
Ano passado fiz um post neste blog falando justamente sobre esse comportamento. Um comportamento amplamente praticado por homosexuais americanos esta virando “moda” no Brasil, que o chamado “Bareback ou barebacking”, que é a pratica do sexo anal sem camisinha.
O adeptos dessa pratica que na realidade tem inicio desde os anos noventa, usam vários discursos, entre os quais, estariam que o preservativo não teria sido feito para o sexo anal, há também a questão de abuso de álcool e drogas que deixa a pessoa menos vigilante.
Porem o que tem dado força a aumento desta pratica seria justamente o sucesso dos anti retrovirais, que tem proporcionado aumento da expectativa de vida dos soros positivos aliado a qualidade de vida.
Faço faculdade de enfermagem, e há pouco tempo fazendo um trabalho justamente sobre comportamento e doenças sexualmente transmissíveis, conversando com um rapaz que é homossexual, ele me disse que já teria “pego” gonorreia e HPV, e ficou bom após tratar. Segundo ele, quando pegou HPV coversando com amigos, uns diziam: há usa a pomada tal, já tive usei e fiquei bom. Ele disse que um recomenda para o outro remédios, sem ir ao medico.
Perguntei em seguida a esse jovem se ele não tinha medo de contrair o HIV, já que ele mesmo falou que já transou varias vezes sem camisinha, tanto que pegou tais DSTs. Ele me respondeu sem a menor cerimônia: Não, se pegar e só me tratar!
Ou seja esses jovens acham que a AIDS virou uma doença crônica, semilar a hipertensão, e só tomar o remédio no horário certo e pronto! Gente as coisas não são tão simples assim, tudo depende de cada organismo, tem pessoas que quando descobrem que são soro positivos estão em estado de debilidade imunológica e acaba morrendo de pneumonia!
Sem contar os efeitos colaterais desses medicamentos que são fortes, e alguns indivíduos podem apresentar hepatotoxicidade, principalmente se também forem portadores do HCV, causador da hepatite C, doença que pode causar câncer no fígado ou cirrose hepática. A hepatite C também pode ser transmitida por contato sexual, embora a Hepatite B seja mais comum neste tipo de contagio.
Ou seja parece que os meios de comunicação talvez tenha distorcido um pouco a questão do sucesso do tratamento dos soro positivos com o coquetel, e esta geração nova que não vê a cara da AIDS( paciente com aparência cadavérica) talvez tenha comprado essa ideia de que a AIDS e uma “bobeirinha” que se trata e esta tudo certo.
Sendo assim, acredito que deveriam fazer uma campanha que mostre também o lado do insucesso do coquetel, para que esses jovens possam, quem sabe, ver que as coisas não são tão simples como pensam, e o uso do preservativo e obrigatório ate o dia que finalmente descobrirem uma vacina para prevenção ao HIV.
Embora mesmo que um dia se descubra a “cura”, o preservativo ainda será necessário, já que outras doenças estão ai, como a própria hepatite B e C. Sexo não importa se com homem, mulher ou uma “arvore” o importante e não ser promiscuo e preservativo sempre, para que um prazer momentâneo não se torne um pesadelo constante!

Uanderson



0 comentários:

Postar um comentário