Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 2 de maio de 2015

O que deu errado no carnaval de porto Alegre?



O carnaval de Porto Alegre que já foi considerado o terceiro do País em grandiosidade , hoje esta apagado, procurando informações sobre as escolas de samba da capital gaucha pouco se acha. E a pergunta que faço é: O que deu errado com o carnaval de Porto Alegre?

Na minha opinião, houve falha de ação de todas as entidades envolvidas no carnaval, ou que deveriam estar envolvidas.

Primeiro o governo local falhou em não dar importância ao carnaval da cidade. Deslocou os desfiles das escolas de samba do centro da cidade para um local mais afastado na zona norte da cidade de Porto Alegre com a promessa de dar maior infraestrutura para o carnaval.

A única coisa que as escolas de samba de Porto Alegre conseguiram foram os barracões que foram construídos no mesmo local do que seria o sambódromo Porto Seco, pelo menos as escolas de samba de Porto Alegre não montam seu carnaval em baixo de viadutos.

Mas o sambódromo que é bom nada! O que é feito e um contrato com uma empresa que monta as arquibancadas com estruturas de ferro e desmonta após o carnaval. O problema e que isso limita a expansão o carnaval de Porto Alegre alem de já ter tido problemas como o desabamento de uma estrutura dessa arquibancada em pleno desfile que poderia ter sido uma tragédia se tivesse lotada.

As escolas de samba de Porto Alegre também falharam em não se mobilizarem mais na tentativa de sensibilizar o governo em investir no carnaval, se esforçar na melhora da qualidade visual dos desfiles que pouco evoluiu nos últimos anos.

Nesse quesito as escolas de samba de Vitoria, (Espírito Santo), têm feito bonito visualmente, embora ainda haja uma polarização de três escolas, do geral e visto que as agremiações tem se esforçado para compensar o investimento no carnaval feito pelo governo Capixaba, que tem investido no carnaval, como em obras de melhorias no sambódromo “Sambão do Povo” e o patrocínio na Band para que esta transmita os desfiles para todo o Brasil dando visibilidade nacional ao carnaval Capixaba.

Talvez essa falta de qualidade visual tenha contribuído na decisão da RBS TV em não transmitir o carnaval de Porto Alegre neste ano, a afiliada da Globo no Rio Grande do Sul tem contrato de exclusividade com as escolas de samba de Porto Alegre ate o ano que vem (2016) e talvez por conta disso tenha feito a transmissão neste ano pela Tv COM, que é uma emissora em UHF da RBS TV ( uma espécie de TV comunitária) pois se não transmitisse em lugar nenhum configuraria quebra de contrato da RBS TV com as escolas de samba de Porto Alegre.

Por isso acredito que será difícil que a RBS resolva renovar esse contrato em 2016. As mídias da RBS que alguns anos atrás davam toda cobertura ao carnaval de Porto Alegre nesse ano deu tímida cobertura, não tem mais a pagina “carnaval” no portal Clicrbs por exemplo.

Ou seja um evento que estava despontando entre os melhores do País retrocedeu. Se todos os envolvidos citados neste artigo tivessem se engajado como deveriam o carnaval de Porto Alegre estaria entre os maiores do Brasil ate em numero de turistas já que o Rio Grande do Sul, faz fronteira com o Uruguai e a Argentina, esta ultima é responsável por muitos turistas no carnaval no Sudeste, sobre tudo no Rio de Janeiro e no Nordeste, principalmente na Bahia.

Com um carnaval grandioso imaginem o quanto o setor hoteleiro de Porto Alegre iria faturar? Quantos empregos diretos e indiretos seriam gerados no carnaval?

A vida e assim mesmo, quem não enxerga longe acaba morrendo na praia!

Por Uanderson de Aquino.

0 comentários:

Postar um comentário