Rio de Janeiro - Brasil

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Decisões equivocadas da justiça põe criminosos a solta e ajuda ainda mais a insegurança no Rio.



Nos últimos dias temos vistos nos noticiários um aumento na violência no Rio, de ação de pivetes no centro da cidade, em que foi flagrado por uma equipe da Globo a ação de um desses bandos esfaqueando um homem no ponto de Ônibus na avenida Rio Branco.

Leiam:


Também nesse final de semana foi mostrado a guerra de quadrilhas rivais no complexo de favelas de São Carlos, que ate agora causou a morte de quatro pessoas, três delas com passagem pela policia.

Todos esses casos de violência remontam a uma situação que vai alem da falta de policiamento, mas de decisões equivocadas da justiça de conceder benéficos a traficantes como o direito desses presos para visitar a família, direito de trabalho extra muro, que é dado a certos presos  com  bom comportamento, para trabalhar fora da prisão.

O que ocorre e que a maioria desses detentos não voltam para a prisão, aproveitam que já estão fora para fugirem, e voltar a praticar seus crimes nas organizações criminosas as quais faziam parte antes da prisão.

Leiam:


Ou seja a policia prende o bandido e a justiça manda soltar logo depois. Já esta mais que na hora dessas leis serem revistas, não pode existir essa situação de um bandido, muitos deles com extensa lista criminal ser contemplado por benefícios como o direito da Visita Periódica ao Lar (VLP), é claro que o cara não vai voltar para cadeia.

Isso já era para ter sido banido há muito tempo, mas nossos deputados que é quem criam as leis estão mais preocupados com questões religiosas e sexuais do que com a segurança publica porque eles possuem carros blindados e segurança particular!

Com isso nossos policiais acabam fazendo trabalho de bobo, subindo morros trocando tiro com marginais, colocando suas vidas e dos cidadãos de bem em risco, para prender um marginal que invariavelmente retornara as ruas pelas leis frouxas desse País, ajudando a piorar ainda mais o problema de segurança publica nas grandes capitais, como no Rio de Janeiro.

Porque ate hoje não foram feitas mudanças significativas em nosso código penal? A quem interessa que nossas leis sejam as mesmas da época em que criminoso nesse País era o ladrão de galinha? Alguém tem essa resposta?

Por Uanderson de Aquino.

0 comentários:

Postar um comentário