Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Ministro da Defesa da Coreia do Norte é executado após cochilar em evento



O ministro da Defesa da Coreia do Norte, Hyon Yong-chol, teria sido executado por mostrar deslealdade ao presidente Kim Jong-un, segundo noticiou a "BBC".
Hyon teria cochilado durante um evento em que compareceu com o presidente, e não teria cumprido ordens.

Mike Madden, do grupo North Korea Leadership Watch, que monitora o governo do país, afirmou que, se a execução for verdadeira, representa uma "demonstração de poder e autoridade" e um sinal de que os líderes do país "não se sentem seguros".

Hyon teria sido executado no final de abril com um tiro de bateria antiaérea diante de centenas de pessoas.

Fonte: SRZD

0 comentários:

Postar um comentário