Rio de Janeiro - Brasil

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Oposição se cala diante das denuncias contra Eduardo Cunha.

O Brasil esta vivendo um momento um tanto bizarro na política, que por consequência esta afetando a economia do País. Os escândalos de corrupção principalmente o lava a jato da Petrobras minou a confiança dos investidores na economia brasileira.

Afinal quem vai querer investir num País com tantas irregularidades, num governo onde cada dia novas denuncias de corrupção vem à tona, principalmente com as delações premiadas dos presos da operação lava a jato. A presidente Dilma Rousseff esta tendo dificuldade de governar justamente porque não possui maioria no congresso.

A forma que a petista governou em seu ultimo mandato, de certo contribuiu para a perda de competitividade do Brasil, com as denuncias da lava a jato chegando cada dia mais próximo de sua porta ficou mais difícil conseguir apoio ate mesmo dentro de seu próprio partido, o PT. 

Mas o que contribuiu para essa falta de apoio também deve-se ao pacote de ajuste anunciado pelo governo dentre os quais há aumento de imposto e a volta da CPMF.

Agora para completar, o governo tem mais uma dor de cabeça: suas contas foram rejeitadas pelo TCU, dando mais poder de voz ao pedido de impeachment da presidente Dilma. A questão e que tal pedido também pede afastamento do vice presidente Michel Temer. Isso porque o TSE decidiu reabrir uma ação do PSDB( partido de oposição) que pede a impugnação dos mandatos da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer por suposto abuso de poder político e econômico na eleição de 2014.

Se esse cenário for confirmado e os mandatos da Presidente e seu vice forem aceitos, quem devera assumir interinamente a presidência da republica será o presidente da câmara dos deputados, Eduardo Cunha, o mesmo do bordão “ E o povo merece respeito”, o mesmo que nega ter contas no exterior, mesmo quando o próprio ministério publico da Suíça ter entregado documentos que comprovam que Cunha tem 2, 4 milhões em uma conta naquele Pais.

Tal fato se configuraria quebra de decoro e deveria custar seu mandato de Presidente da Câmara dos deputados. Porem apesar de fato gravíssimo, o mesmo PSDB que vem lutando “arduamente” para tirar Dilma da presidência e forçar novas eleições, para ver se dessa vez conseguem eleger Aécio Neves, não tiveram ate o momento a mesma reação com o presidente da câmara

Ate o momento a oposição esta fazendo um silencio a respeito, alguns inclusive dizem que não vão se manifestar ate que se tenha provas de tais contas. Sendo que só falta o ministério publico suíço esfregar os documentos que comprova as contas de Cunha na cara de todos os congressistas. Ou seja estamos vendo que no momento o foco e derrubar a presidente Dilma, ate que se consiga isso vão se fechar os olhos em relação as denuncias que pesam contra o presidente da Câmara.

Sabem porque? Porque Eduardo Cunha faz oposição ao governo Dilma, e se ele cair antes de Dilma, à oposição perde sua principal alavanca para desestabilizar o governo. Que o PT errou e feio na condução deste País não fazendo as reformas necessárias ao País, como a tributaria, não dando competitividade ao Brasil perante a economia global, deixou o Brasil as margens do desenvolvimento ao não projetar o Brasil com acordos com nações relevantes no cenário econômico, dando ênfase em acordos com nações mais capengas que a nossa, e ainda por cima permitindo toda a roubalheira da Petrobras, e fato.

Mas não deveria deixar que o Brasil quebre apenas para destronar Dilma, e é isso que estamos vendo acontecer. A tal pauta bomba que estão querendo por em votação a qualquer preço que dentre tais assuntos esta o aumento salarial para o judiciário por exemplo causara um rombo nas contas do governo caso seja aprovado, mas a oposição não esta se importando com isso porque o mais importante e que este fato ajudaria a desestabilizar ainda mais o governo do PT.

Mas depois do País destruído economicamente e Dilma finalmente perder o mandato, será que a vida do novo presidente será tranquila? Vamos supor que se abra uma nova eleição para presidente e Aécio Neves seja eleito, será que só o fato dele ser eleito transformará  a economia brasileira e num passo de mágica trazer todos os investidores e fazer o PIB voltar a crescer? Eu acho que não.

Ele vai herdar um País decadente, sem credito na praça e de certa forma com ajuda dele próprio quanto oposição ao atual governo em querer mirar a presidente usando uma bomba atômica. Mas de qualquer forma, só de pensar numa possível perda de mandato da Presidente Dilma e seu Vice Michel Temer, e quem sabe Cunha na presidência da república, me lembro da musica do saudoso Bezerra da Silva. “ Se gritar pega ladrão, todo mundo levanta a mão.”


                                                       



Uanderson de Aquino.



0 comentários:

Postar um comentário