Rio de Janeiro - Brasil

domingo, 9 de dezembro de 2012

Mulher expele vermes poucas horas após morte




BOA VISTA - Os familiares de uma aposentada que faleceu neste domingo, 24, estão revoltados. Durante o velório, começou a sangrar e expelir diversos vermes do corpo dela poucas horas depois de sua morte. A aposentada Clarice Peixoto, 66, faleceu na noite de domingo, a na manhã de segunda-feira, os parentes notaram sangue e tapurus saíam pela boca e nariz dela. Tudo foi filmado e fotografado pela família.

A mulher estava internada há duas semanas na UTI do Hospital Geral de Roraima (HGR), para onde foi com problemas renais e relacionados à diabetes. De acordo com a neta da aposentada, Bárbara da Silva, a situação é revoltantes pois colocaria em dúvida o tratamento dispensado na unidade hospitalar.  Revoltados, os familiares disseram que devem procurar o Ministério Público para pedir providências. “É muito pouco tempo de morte para que o corpo dela fique desse jeito. Aí a gente fica pensando como é que trataram ela e não perceberam isso?!”, revoltou-se.
 
No atestado de óbito, constam como causas da morte: falência múltipla dos órgãos, choque séptico, pneumonia, pancreatite aguda grave, diabetes e hipertensão arterial sistêmica. A Secretaria Estadual de Saúde informou que nenhum prontuário da paciente registrou infecções por larvas. O Instituto Médico Legal (IML) informou que um médico do instituto foi até a funerária hoje para fazer o serviço de verificação de óbito.
Fonte:



0 comentários:

Postar um comentário