Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 15 de dezembro de 2012

Menino de dois anos não consegue parar de rir.


Um caso de síndrome de Angelman, rara enfermidade genética causada por disfunção cromossômica, foi relatado na semana passada na Inglaterra. Trata-se do garotinho Elliot Eland, 2 anos.

Devido a uma desordem no cromossomo 15, o portador da doença não para de rir. “Eu procuro pensar que ele é feliz, e por isso ri. Evito considerar que é sinal de algo mais grave”, diz sua mãe, Galé Eland. Entre os sintomas da síndrome de Angelman estão a hiperatividade, convulsões e comprometimento motor.  

Fonte: Isto é

0 comentários:

Postar um comentário