Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 3 de setembro de 2011

Rio, podemos chamar de “cidade Superação”?


Venho discutir hoje esse assunto que agora esta bem evidente com a recuperação econômica gradativa que o Estado do Rio vem conseguindo nos últimos anos. São Paulo sempre foi o pólo econômico do Brasil, mas desde que o Rio deixou de ser a capital federal, muitos investimentos saíram do Estado,e a cidade do Rio foi a que mais perdeu investimentos.
Isso ocorreu principalmente devido ao abandono que a cidade sofreu por parte dos políticos fluminenses que pediam votos não para brigar pelo Estado e sim para proveito próprio. Se elegiam mas viravam as costas para o Estado, não buscavam investimentos para o Rio. Na realidade o que ocorria era uma briga na própria bancada fluminense, por divergências idiotas e ideológicas, não se uniam em interesse comum que no caso seria o Rio de Janeiro.
Ao contrario da bancada paulista, por exemplo, que poderia ter divergências entre si, mas quando o assunto era São Paulo, elem entravam em bloco para aquilo que fosse de interesse do Estado. O Rio, devido ao tal abandono alem de decadente economicamente falando ainda por cima virou um verdadeiro feudo comandado por criminosos de todas as esferas que se possa imaginar.
A violência na Cidade do Rio já estava a tal ponto, que nos cariocas saiamos de casa para o trabalho sem saber se voltava, onde colete a prova de bala já estava quase se tornando um componente do nosso vestuário cotidiano. Quem iria investir em um lugar desses? Acredito que nem Osama Bin Laden.
Porem nos últimos anos, principalmente após a eleição de Sergio Cabral a governador do Rio, as coisas começaram a mudar, isto porque Cabral, ao contrario dos outros que faziam do Rio uma trincheira política contra o governo federal, procurou aproximar o Estado do Rio á Brasília, com isso o Estado passou a receber mais investimentos vindos do governo federal.
Alem disso, passaram a  buscar  uma solução efetiva contra a violência na cidade que os outros governos ou desgovernos que passaram por aqui, simplesmente fechavam os olhos. Hoje vemos áreas na cidade que antes era impenetrável, se tornarem áreas pacificas ou “ normais”.
Desta forma investidores que antes passavam batidos por aqui, começaram a enxergar o Rio de  outra forma. O Estado do Rio hoje e líder em investimentos, principalmente na área petrolífera, mas em outras áreas como siderurgia, e industria pesada com um todo, já vemos bons resultados.
Nesses dias vimos um artigo do jornal “The economist” onde aponta que após décadas o Rio passa a ser atraente para investimentos e ate fazendo uma comparação com a dinâmica economia paulistana.
Eu particularmente acho que São Paulo continuará sendo a locomotiva econômica para o Brasil, mas se o Rio continuar crescendo poderá sim promover uma integração econômica com São Paulo, onde ambas as cidades poderão tirar proveito disso. E nos Cariocas no dia dia poderemos finalmente viver em uma cidade maravilhosa, não aquele utopia vendida para chamar turista, mas uma cidade que proporcione uma qualidade de vida que merecemos.

Por Uanderson

0 comentários:

Postar um comentário