Rio de Janeiro - Brasil

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Crise nos EUA cria comunidades de desempregados perto de Nova York



A crise econômica que atinge os EUA está fazendo surgir comunidades de desempregados nos arredores de Nova York.
O desemprego nos EUA está em 9,1%. Em algumas regiões, como Nova Jersey, na Costa Leste, chega a quase 10%.
Um atalho na beira de uma estrada do estado de Nova Jersey leva a uma clareira com barracas de lona e roupas estendidas em varais improvisados.
Os primeiros vieram há cinco anos. Eram moradores de rua que não conseguiram ficar em alojamentos para desabrigados.
Mas, nos últimos tempos, chegaram mais pessoas, e a história delas tem tudo a ver com a crise econômica nos Estados Unidos.
Marylin é designer de tecidos para sofás. A fábrica onde ela trabalhava, em Nova York, fechou há dois anos, porque não conseguiu competir com os produtos vindos da China.
"Não faz muito tempo, eu supervisionava uma equipe de 25 pessoas", disse.
Depois de demitida, Marylin não conseguiu achar outro emprego.
Ela se queixa que sua idade, 60 anos, torna tudo mais difícil.
"Pagar o aluguel ficou insustentável", disse.
Mark, operário da construção civil, se mudou há duas semanas. Há três anos, ele não consegue emprego fixo.
"Está tudo parado", disse. "Sem trabalho, nem dinheiro, eu fiquei sem ter onde morar. Simples assim."
Setenta pessoas moram no acampamento, que fica a 100 quilômetros da cidade de Nova York.
O pastor de uma igreja ajuda a organizar a vida no local e instalou até um chuveiro a gás.
"As pessoas simplesmente não conseguem pagar pela moradia", disse o pastor Birgham.
A situação econômica de Nova Jersey é uma das piores dos Estados Unidos.
Uma agência de risco rebaixou os títulos do estado, tornando mais difícil para o governo local conseguir empréstimos.
Outros acampamentos semelhantes estão surgindo em vários estados.
Neste de Nova Jersey, a prefeitura da cidade mais próxima mandou derrubar os barracos, para que a invasão se pareça mais com um acampamento do que com uma favela.
Fonte:http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/crise-nos-eua-cria-comunidades-de-desempregados-perto-de-nova-york.html

OPINIÃO

Essa noticia me deixa preocupado, pois demonstra que a crise econômica Americana e mais seria do que muitas pessoas imaginavam. Partindo de inicio que estamos falando da maior potencia econômica mundial. No texto trás algumas informações que acho pertinente de analisarmos:
A primeira fala de uma designer de tecidos para sofás que perdeu seu emprego após a fabrica onde trabalhava fechar por não ter conseguido competir com produtos vindos da China. Isso e algo importante a ser frisado pois nos brasileiros podemos passar por situação semelhante, caso o Brasil continue com a política atual, onde todo tipo de quinquilharia Chinesa entra em nosso Pais, sendo mais baratos que os nacionais, acabam provocando uma concorrência desleal.
A China e um Pais que prospera, em grande parte explorando a mão de obra, que lá e barata, o que torna os produtos de lá a preços bem mais baixos. Não e a toa que tudo que compramos, vem com a tal informação “ Made in China”, de brinquedos, eletrônicos em geral, ate vibrador.
Outra coisa que achei interessante em comentar e no trecho da reportagem em que diz que “no acampamento em Nova Jersey, a prefeitura da cidade mais próxima mandou derrubar os barracos, para que a invasão se pareça mais com um acampamento do que com uma favela.”
Isso me faz lembrar nossos políticos que também gostam de empurrar a sujeira para debaixo do tapete, ou seja a tal prefeitura da cidade citada na reportagem pediu para derrubar os barracos, deixando que os moradores do acampamento ficassem em lonas, para que o aglomerado não ficasse parecido com uma favela.
Ao invés de resolver o problema pela raiz, ou seja buscando uma forma de repor estas pessoas  no mercado de trabalho para que possam voltar a morar em condições dignas, não ele simplesmente preferiu derrubar os tais barracos, porque quando olharem para a tal aglomerado de lonas, pensem que sejam uma comunidade ripe que gostam de viver em contato direto com a natureza, em baixo de lonas.
Tanto nos EUA quanto aqui, a moda de tapar o buraco com peneira faz parte da politicagem.
Por Uanderson


0 comentários:

Postar um comentário