Rio de Janeiro - Brasil

domingo, 1 de setembro de 2013

Maníaco da Raspadinha violentou 12 homens.

Tarado ganhou esse apelido porque depilava as vítimas antes do sexo
‘Se vocês não me prendessem, eu não iria parar". A confissão foi feita por Márcio Souza de Gouveia, de 41 anos e conhecido como o Maníaco da Raspadinha ou Maníaco da Balada ao delegado-titular da 93ª DP (Volta Redonda), Antônio Furtado.

O criminoso é acusado de violentar sexualmente pelo menos 12 homens em cidades do Sul Fluminense. Contra ele, que rodou no último dia 22 na fábrica onde trabalhava, em Resende, foi cumprido um mandado de prisão temporária de 30 dias.

"Em depoimento, Márcio contou que às sextas já ficava incontrolável, pensando na vítima que iria abusar. Ele tinha total consciência do que fazia, tanto que só atacava heterossexuais porque muitos têm vergonha de relatar o abuso", disse Antônio Furtado.

Antes de consumar o ato, o tarado raspava as nádegas da vítimas com uma lâmina de barbear, por isso ganhou o apelido de Maníaco da Raspadinha. Segundo a polícia, Márcio agia em Resende e Volta Redonda desde 2010, mas as investigações tiveram início no ano passado.

"Todas as vítimas dele são heterossexuais e têm idades entre 20 e 30 anos. Márcio disse, em depoimento, que não gostava de homem com trejeitos femininos", disse o delegado, acrescentando que em todos os casos registrados as vítimas descreveram uma mesma situação: "Os homens acordavam de roupa, mas sem cueca".

Márcio teria violentado dez homens em Volta Redonda e dois em Resende. Quatro vítimas já o reconheceram. Nas investigações da 93ª DP, foi constatado que ele agia sempre da mesma forma: às sextas-feiras, ia para a porta de boates, esperava um rapaz embriagado sair e oferecia ajuda; em seguida, dava água e um remédio tarja preta à vítima, deixando-a dopada, e então levava o sujeito para um motel ou outro local discreto para consumar o abuso sexual.

Fonte: Meia Hora


1 comentários:

  1. Tomara que os colegas de cadeia façam o mesmo com ele ate seu ultimo dia de cadeia!

    ResponderExcluir