Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Possibilidade de Demissão em Massa e desativação do Recnov causa revolta nos bastidores da Record.



Apesar da audiência alta na faixa dos 20 pontos - feito que a Record não alcançava desde 2008 em novelas -, o clima nos bastidores de “Os Dez Mandamentos” não é nada bom no complexo de estúdios RecNov, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio. Tudo por conta da ameaça de demissão em massa da equipe técnica logo após o fim das gravações da trama bíblica, no mês que vem. A emissora pretende terceirizar, de vez, sua produção de novelas, assim como já faz com a substituta de “ODM”, “Escrava Mãe”, a cargo da produtora paulista Casablanca.

Nesta segunda-feira (28), o clima azedou de vez por lá, segundo uma fonte do Yahoo!. Às 5 da manhã, o Sindicato dos Radialistas do Rio (que representa a categoria) promoveu uma manifestação na porta do RecNov para cobrar uma posição da emissora sobre o possível fim do complexo. Muitos funcionários aderiram ao piquete. Mas para dois que participaram, um cameraman e um assistente de estúdio, a adesão custou-lhes o emprego, já que foram desligados da Record por volta de 12h, numa clara retaliação, avaliaram funcionários do canal, que não querem se identificar, ouvidos pelo Yahoo!.

Por conta das demissões, o RecNov parou em solidariedade aos colegas afastados (foto abaixo). A atriz Larissa Maciel, a Miriã da trama, chegou a se emocionar com um dos colegas de trabalho que perdeu o emprego. O clima está muito tenso por lá. Uma pena, já que “Os Dez Mandamentos” é um sucesso de audiência e de crítica, mas sua equipe sofre com a falta de planejamento da Record.

Fonte: Yahoo

0 comentários:

Postar um comentário