Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 18 de janeiro de 2014

Cuiabá: Pai teria molestado quatro filhas


Um pedreiro, de 43 anos, foi preso na última quinta-feira (16), acusado de estar abusando sexualmente de três filhas, em Lucas do Rio Verde (350 km a norte de Cuiabá). Uma delas tem apenas sete anos.

De acordo com informações da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), o caso começou a ser investigado após a filha mais velha do pedreiro J.P.S., de 14 anos, comentar o assunto na escola onde estuda. O caso teria chegado até a direção do colégio, que comunicou o Conselho Tutelar Municipal e posteriormente a polícia.

O Conselho Tutelar se deslocou até a casa da adolescente, porém por medo ela negou as afirmações. Depois a própria garota procurou as agentes do conselho para confirmar a denúncia. Ela disse ainda que os atos não aconteciam somente com ela, e sim com as outras duas irmãs menores, de sete e oito anos.

O conselho comunicou a Polícia Civil que submeteu as crianças a exames de corpo de delito, que comprovaram que a adolescente e a menina de oito anos tinham sido vítimas de abusos.

Os abusos na irmã caçula não foram confirmados, porém os policias acreditam que ela pudesse ter sofrido outro tipo de abuso sexual, que não a penetração.

Por conta disso, o delegado do município Marcelo Torhacs, pediu e a Justiça a prisão temporária de 30 dias do suspeito para poder dar andamento as investigações.

Conforme a polícia, o pai aproveitava os momentos em que a mãe não estava em casa para cometer os atos contra as filhas. Depois ele ameaçava a garota para que elas não contassem a ninguém. A adolescente de 14 anos disse que sofria abusos há pelo menor quatro anos.

J.P.S. já havia sido preso anteriormente acusado de abusar sexualmente de outra filha, que hoje tem 19 anos, e mora em Cuiabá. O pedreiro foi encaminhado para a cadeia pública de Lucas do Rio Verde para os devidos esclarecimentos.

Fonte: Diário de Cuiabá


0 comentários:

Postar um comentário