Rio de Janeiro - Brasil

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Globo reporter mostra a Realidade da saude publica no Brasil



"Foram mais de três meses de investigação e reportagem. Viajamos o Brasil de Norte a Sul para ver e ouvir médicos, enfermeiros, diretores de hospitais, autoridades e, sobretudo pacientes, brasileiros que precisam da saúde pública. Não foi fácil. Encontramos uma realidade que muitos preferem esconder. Furamos o cerco para encontrar vítimas do mau atendimento, brasileiros morrendo sem atendimento em emergências lotadas.
Fomos também atrás de algumas das razões para as mazelas da saúde: médicos que não cumprem seus horários, que faltam sem dar explicações, autoridades que se omitem e que recebem dinheiro para construir hospitais que não passam do esqueleto, enfermarias que parecem campo de guerra.
Médicos, pacientes, profissionais da saúde, autoridades locais: todos podem e devem contribuir para melhorar o sistema público de saúde."

Fonte : G1/Globo repórter.

Este trecho foi um resumo da reportagem feita pela jornalista Graziela Azevedo no Globo repórter de hoje, que mostrou a realidade da saúde publica do Brasil. Descaso de médicos, que muitas vezes custam a vida de pacientes, como foi o caso mostrado da jovem de 32 anos que morreu de aneurisma cerebral apos peregrinar em vários hospitais por socorro. Porque todo o descaso? Vimos o nosso ex-vice presidente lutar contra um câncer, porem mesmo em estado critico os médicos lutaram, ate o fim. Mas porque para um cidadão comum o tratamento e outro?

E muito comum acontecer este tipo de coisa, o cidadão vai ao hospital, quando consegue ser atendido o medico(a) mal olha para o paciente. Simplesmente prescreve um paliativo, mesmo em caso que deveria solicitar um exame, como foi o caso da jovem que morreu de aneurisma. Sou acadêmico de Enfermagem, sei que uma das coisas que diferenciam o curso de enfermagem do curso de medicina, e que enquanto a enfermagem se foca no cuidar, o curso de medicina se direciona a investigação para então buscar a cura de uma determinada patologia.

Sendo assim eu me pergunto: Que tipo de medicina e essa que vemos ser praticada nos hospitais públicos, onde o medico mal examina o paciente?, não pede exames em situações que realmente eram necessárias, afinal de contas a graduação em medicina não da ao medico o dom de visão de raio x. Vimos através dessa reportagem o que já era de conhecimento de muitos, que a tal desculpa que faltam médicos e pura ladainha, muitos fazem plantões em lugares virtualmente, porem o salário deles no final do mês e real.

Apesar de decepcionado com a área da saúde, vou seguir em frente, concluir minha faculdade e fazer a minha parte, porque sei que há médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sócias, enfim, pessoas que realmente estudaram para ajudar ao próximo, que trabalham logicamente para ter seu sustento, mas acima de tudo respeita a vida e por ela trabalha todos os dias.

0 comentários:

Postar um comentário