Rio de Janeiro - Brasil

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A BANALIZAÇÃO DA VIDA.

Após ser impedida de ir a pagode, mulher mata companheiro

Uma mulher de 24 anos foi presa na madrugada desta segunda-feira no bairro Santa Rosa, em Niterói, no Rio de Janeiro, acusada de matar o companheiro com uma facada. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu após a vítima impedir Ariane Alves Ferreira de sair para um pagode.
Segundo informações da 77ª DP (Icaraí), após matar o homem com uma faca de cozinha dentro da residência onde o casal morava, Ariane ligou para a Polícia Militar, que a conduziu até a delegacia. Ela foi indiciada por homicídio qualificado por motivo fútil e teve a prisão temporária decretada.
Opinião:
Como bem explicitei no titulo da matéria, hoje vivemos a banalização da vida, mata-se por motivos fúteis: pisou no pé de alguém no ônibus, peça desculpas pelo amor de Deus! Pois pode levar um “ tirambaço” nos “ cornos”.
No caso acima, a mulher matou o marido porque ele não deixou a ir no “ bate coxa”. Essa e a maneira que as pessoas estão resolvendo seus problemas, não e mais na conversa, e sim na porrada e no tiro, ou na facada como no caso acima. Estamos involuindo como pessoas, estamos nos tornando irracionais como as “ betas feras” que vivem soltas na selva.
Um dos motivos sem duvidas sobre nossa regreção como espécies, e a má educação, não apenas a dada nas escolas, mas principalmente a que deveria ser dada pelos pais a seus filhos. A falta de valores morais, esta provocando o surgimento dessa nova sociedade, que agem como bichos, sociedade essa que representara o Brasil no futuro. Salve se quem puder...

Por Uanderson

0 comentários:

Postar um comentário