Rio de Janeiro - Brasil

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Urbanização acelera desmatamento no Magarça RJ.




A estrada do Magarça localizada na zona oeste do Rio, a poucos minutos de Campo Grande, bairro de comercio fervilhante, com um grande parque industrial e varias faculdades particulares e uma publica, a UEZO,  alem de possuir 3 shopping Center, um deles  recém inaugurado e considerado um dos maiores do País, o ParkShopping Campo Grande tornam este bairro com numero de um município.

Esta expansão imobiliária e comercial tem atraído alguns empreendimentos para áreas próximas a Campo Grande, como é o caso do Magarça que fica em Guaratiba, bairro vizinho a Campo Grande.

A questão e que ao longo da estrada do Magarça há uma extensa mata que antes era comum ver sagüis, gambás, enfim era um local mais rural. Porem vários empreendimentos tem  sido construídos nessas áreas, como construção de casas e condomínios de grandes construtoras. 

Para completar no final do Magarça, próximo a estação do BRT mais uma grande área vem sendo desmatada para construção de algo que falam ser um hipermercado.

Acho que o desenvolvimento econômico e importante, pois gera emprego, melhora por tanto as condições de vida da população, no Magarça por exemplo muitos moradores que antes iam trabalhar na Barra da Tijuca hoje trabalham a 15 minutos de casa, no ParkShopping.

Porem a preservação ambiental deve acompanhar esse desenvolvimento econômico, deve haver um limite em que se possa reservar uma área para manter as espécies animais que vivem nessa extensão de mata.

Espero que algum ambientalista um dia possa estudar esta área e os animais que ali vivem. Porque infelizmente a zona oeste do Rio só serve para render milhões de impostos nos cofres da prefeitura, mas não recebe uma contrapartida, preservar mesmo só o que esta na zona sul, ou na Barra, quando alguém olha para “os fundos do Rio de Janeiro” e porque “a merda já fedeu”!

Por Uanderson

0 comentários:

Postar um comentário