Rio de Janeiro - Brasil

sábado, 20 de setembro de 2014

TV Globo chama de “mentirosas” acusações de Garotinho sobre sonegação fiscal


Em resposta às acusações de sonegação fiscal feitas pelo candidato ao governo do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR), em entrevista ao telejornal RJTV de quinta-feira, as Organizações Globo emitiram nesta sexta-feira (19) um comunicado oficial chamando de “mentirosas” as informações verbalizadas pelo candidato.

Segundo o comunicado, não existe qualquer dívida da emissora com a Receita Federal em virtude da aquisição dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002, conforme sugeriu Garotinho na entrevista à jornalista Mariana Gross, do RJTV 1ª edição.

“Diante das informações mentirosas que voltam a circular, a Globo Comunicação e Participações reafirma que os impostos devidos foram pagos conforme previsto pelo REFIS (Lei nº 11.941/09), como atesta o arquivamento definitivo do Processo no COMPROT disponível publicamente pelo Sistema de Acompanhamento de Processos da Receita Federal”, informou o comunicado. 




Na nota, a TV Globo admite que houve realmente uma investigação aberta pela Receita Federal em 16/10/2006, por suposto erro na arrecadação de impostos referentes à transmissão daquela Copa do Mundo de 2002. 

O canal da família Marinho alega, contudo, que o processo já foi solucionado com a adesão da empresa ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal), onde a emissora pagou os tributos que a Justiça entendeu que ela devia, após o recurso judicial ter sido negado pelas autoridades fiscais brasileiras. 

“No dia 21/12/06, a defesa da Globo foi rejeitada pelas autoridades e em 11/10/07, a empresa foi intimada da decisão desfavorável, apresentando recurso em 09/11/07. No dia 24/11/09, a Globo tomou a decisão de aderir ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) e realizar o pagamento do tributo nas condições oferecidas a todos os contribuintes pelo Fisco. 

O pagamento foi realizado no dia 26/11/09, tendo a empresa peticionado às autoridades informando sua desistência do recurso apresentado (o que ocorreu em 04/02/10)”, diz o comunicado da Globo. 

O embate entre a emissora da família Marinho e o candidato Anthony Garotinho é antigo, mas a agressão direta aconteceu na entrevista desta quinta-feira .

Ao se sentir acuado por denúncias de corrupção, obras inacabadas e mal feitas nos governos dele e da esposa, Rosinha Garotinho, o ex-governador do Rio defendeu-se acusando a emissora de ter sonegado impostos usando empresas laranjas em paraísos fiscais. 

Fonte: Meio Norte

Opinião:

Essa estratégia de Anthony Garotinho de revidar com agressividade a jornalistas da TV Globo quando e citado alguma investigação ou processo em que ele esteja envolvido já é conhecida não é de hoje.

Sua arrogância não mudará o resultado das eleições. Tudo que o Rio de Janeiro não precisa e ter mais uma vez políticos que querem usar este Estado como palco de guerra seja contra empresas ou contra o governo federal.

UAN Noticias

2 comentários:

  1. Uai, nesta nota a Rede Globo admite que sonegou o imposto e só pagou depois que o esquema foi descoberto. Então o Garotinho estava certo.

    ResponderExcluir
  2. BOM QUEM ESTA SE CANDIDATANDO A GOVERNADOR NÃO E A FAMILIA MARINHO E SIM O GAROTINHO ENTÃO QUEM TENQUE TER FICHA LIMPA E O GAROTINHO

    ResponderExcluir