Rio de Janeiro - Brasil

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Estuprador cai no sono e acaba preso de cueca



Um homem suspeito de estuprar uma jovem foi preso na comunidade da Lagartixa, em Costa Barros, na zona norte do Rio de Janeiro. Ele estava apenas de cueca quando foi detido pela polícia.

Luiz Antônio Teles Monterio, de 28 anos, teria abordado uma mulher quando ela saia para trabalhar e obrigou que ela voltasse para casa. A vítima, de cerca de 30 anos, foi abusada durante cerca de três horas.

A mãe da jovem, que foi obrigada a ficar no quarto e presenciar o estupro, aproveitou o momento em que o criminoso dormiu e pediu ajuda aos vizinhos e a polícia.

O suspeito tentou fugir e pegou uma van, mas foi surpreendido por um vizinho que o perseguiu de carro. A polícia acredita que ele tenha cometido outros estupros e pede que a população denuncie.

FONTE: R7

Opinião

Parece que virou “moda” casos de estupro, infelizmente esses monstros não tem a punição que deveria. Se no Brasil o estuprador fosse condenado a morte, ou pelo menos a castração, em um estante acabariam essas ondas de ataques contra mulheres.

Uanderson

2 comentários:

  1. Considero estupro um crime grave, mas condenar a morte? Enquanto latrocínios ocorrem com cada vez mais frequência, este sim o crime da moda. Castrar? Mutilar alguém? Você é um babaquinha, quero ver um dia que uma vagaba depois de dar para você de maneira consensual resolver te denunciar por estupro porque ficou putinha da vida ou bebeu demais. Segunda sua maravilhosa lei, você será morto ou castrado antes de provar inocência, afinal é a sua palavra contra a dela. Antes de falar merda quero deixar claro que sou mulher.

    ResponderExcluir
  2. E antes que você continue escrevendo suas bobagens, digo primeiramente que este blog tem o intuito de trazer noticias veiculadas pela imprensa para que possamos discutir, onde não há censura, porem o respeito a opinião alheia e necessário.

    Você é contra punição mais severa aos estupradores, e usa como argumentos falhas em apuração das denuncias que poderia levar a castração de inocentes. Leitora, acorde você não vive na França, aqui no Brasil vemos acusados de assassinatos sendo absolvidos pela justiça mesmo com todas as provas de que este encomendou o “presunto”.

    Agora mesmo que pudesse ser estapafúrdia a possibilidade de castração a estes meliantes, isso foi uma opinião que pode ser questionada, mas precisa ser respeitada e não utilizar termos pejorativos porque não concordou com alguma coisa que leu, ouviu, isso faz parte da democracia. Questione, use seus contra argumentos, mas não seja agressiva com os outros por ter opinião diferente da sua, isso e feio para um homem, mais feio ainda partindo de uma mulher.

    Por Uanderson

    ResponderExcluir