Rio de Janeiro - Brasil

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Funcionários do Hospital Albert Schweitzer temem perder emprego




Funcionários do Hospital Albert Schweitzer estão com medo de perder o emprego. Motivo: a unidade teve a sua administração trocada no início de novembro. O contrato da OS Therezinha de Jesus foi encerrado no dia 31 de outubro e a nova administradora, a OS Cruz Vermelha, assumiu.

Uma auxiliar de enfermagem, que, com medo de represálias, preferiu não se identificar, afirmou que a maior preocupação dos funcionários é com a falta de informação:
— Estamos trabalhando “no escuro”. Está todo mundo ansioso, ninguém nos passa nada. As funcionárias gestantes ainda não foram realocadas e não sabem se serão contratadas. Nossa maior preocupação é com a OS que está saindo, pois não sabemos se vamos receber — desabafa.

A OS Therezinha de Jesus disse que a prefeitura rescindiu, de forma unilateral, o contrato de gestão, e que o Município não determinou a demissão dos funcionários nem destinou verba para o pagamento da rescisão dos contratos.

A prefeitura disse que OS Cruz Vermelha assumiu a gestão, efetuou todas as contratações de profissionais para o funcionamento do hospital e informou que “a transição ocorreu sem nenhuma intercorrência”.

0 comentários:

Postar um comentário