Rio de Janeiro - Brasil

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Estamos vivendo o fim os tempos literalmente....


Estamos chegando já no fim do ano, e o blog por sua vez como já foi noticiado chegara ao fim, pensei em fazer um texto com mensagem de esperança como forma de encerrar com chave de ouro, mas não há como por mais que eu queira não tem como ignorar tantas coisas ruins que vem ocorrendo no Brasil e no mundo.

Decapitações promovidas por psicopatas que se escondem em uma religião que vem promovendo suas atrocidades e divulgando em redes sociais agindo sem qualquer medo de punição, que na realidade da ate a impressão que as nações não sabem o que fazer para barrar seu crescimento que vem ganhando adeptos psicopatas de igual valor.

Nessa semana o ataque a uma escola que matou crianças que de tão Barbara recebeu criticas ate a Al-Qaeda. No Brasil vemos um monstro que se escondia na baixada fluminense, Rio de Janeiro e que ao ser preso em flagrante após ter matado uma idosa, revelou de forma natural sua lista de assassinatos que incluía um bebe de dois anos que morreu com quatorze facadas.

Foi preso sabendo que vivera às custas da população em cadeias que dão direito entre outras coisas ate a visita intima. Também nesses dias em depoimento a policia uma amiga da madrasta do menino Bernardo para se defender do ato cruel disse que não matou o garoto, apenas, “cavou a cova”!

São tantas noticias ruins partindo de seres humanos contra seres humanos que hoje não há mais como confiar em ninguém.  E diante de todo esse turbilhão também nessa semana, vimos o Papa Francisco dizer que os animais também vão para o céu.

Tal fala desagradou alguns teólogos que acreditam que os animais não tem alma. Hoje assistindo 

o “Animal Planet” vi um documentário sobre a vida dos crocodilos, e me abismei com tamanho zelo da mãe crocodilo que carrega seus filhotes na boca para onde vai, protegendo sua prole de predadores, dentre os quais outros crocodilos.

Naquele momento pensei: Nossa! Ate a besta fera dos pântanos e mais zelosa com sua prole que nos seres humanos, dotados de alma, que não esquecemos a carteira antes de sair de casa, mas esquece o próprio filho dentro de um carro, cozinhando literalmente ate a morte!

Nossa! Repito para mim mesmo: Não somos seres especiais únicos entre os viventes dotados de alma? Nesse momento veio uma resposta instantânea do meu subconsciente: E que os teólogos talvez não saibam que nos seres humanos também somos animais, e talvez quando a bíblia diz que os animais não tem alma, quem sabe não esteja se referindo também a nos, seres humanos, que cada dia que passa consegue dar um passo atrás da evolução.

Um dia o macaco evoluiu ao homem, o homem por sua vez continua a evoluir, mas talvez de forma retrógrada, que tipo de bicho vamos nos transformar fica difícil saber, mas se um cachorro não pode ir ao céu, acho que nem o inferno merece o homem.

Pena fazer um texto desse como despedida do blog, mas esse e o sentimento......

Uanderson de Aquino.

0 comentários:

Postar um comentário