Rio de Janeiro - Brasil

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Cerveja de 'testículos de baleia defumados' é vendida na Islândia

A cerveja Hvalu 2, fabricada pela cervejaria Stedji, está sendo vendida por tempo limitado para marcar o mês de Thorri, que corresponde à metade do inverno no país, segundo o site Visir.

Os testículos de baleia-comum ─ espécie ameaçada de extinção ─ são curados "segundo uma antiga tradição islandesa" antes de serem salgados e defumados. Cada processo de fabricação leva um testículo, informa a empresa.

"Queremos criar uma atmosfera verdadeiramente Thorri e então decidimos usar testículos defumados de baleia-comum para dar sabor à cerveja", diz Dagbjartur Ariliusson, co-fundador da cervejaria.

"Nós colocamos muita energia nisso e é um processo longo". Em 2013, a Islândia voltou a autorizar a pesca de baleia-comum depois de uma proibição de dois anos. A maior parte da carne do animal é exportada para o Japão.

A cervejaria Stedji causou a fúria de ambientalistas em 2014 por fazer uma cerveja que continha outras partes de baleias, incluindo ossos e intestinos.

Na ocasião, o grupo de preservação de baleias e golfinhos do país descreveu como "imoral e desrespeitoso" o uso da carne de baleia para fabricar cerveja.

O produto foi temporariamente proibido por autoridades de saúde pública, mas posteriormente voltou a ser vendido em lojas de bebidas alcoólicas.

Agora, segundo informações da cervejaria, todos os produtos têm permissão para ser comercializados.

Fonte: BBC Brasil

0 comentários:

Postar um comentário