Rio de Janeiro - Brasil

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Sérgio Cabral anuncia ato contra divisão de royalties no Centro do Rio


O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, informou na tarde desta segunda-feira, em almoço no Centro da capital com representantes do setor imobiliário, que uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) vai ser mesmo instalada no mês que vem na comunidade da Mangueira. Apesar disso, o governador não especificou em qual dia do mês.
Ainda durante o encontro, Cabral afirmou que no dia 10 de novembro, às 15h, acontecerá a passeata "Rio contra a covardia". O ato é contra a distribuição dos royalties do petróleo entre os estados da Federação. O governador informou que a concentração será na Candelária, seguindo com caminhada pela Avenida Rio Branco, terminando na Cinelândia.
O mesmo protesto aconteceu em março do ano passado, quando milhares de pessoas foram para o Centro da Cidade participar da manifestação debaixo de muita chuva. Até um palco foi montado para apresentação de artistas.
O almoço desta segunda-feira foi uma comemoração da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (ADEMI) devido ao ritmo acelerado da construção civil, impulsionado pelo desenvolvimento econômico do estado do Rio de Janeiro e pela previsão de investimentos na casa de R$ 180 milhões em infraestrutura devido aos grandes eventos esportivos.
O presidente da Ademi, José Conde Caldas, disse que vai mobilizar 50 mil trabalhadores da construção civil pra irem à passeata. "Essa injustição, este absurdo, que pode lesar o Rio em bilhões, não podemos permitir. Estamos juntos com o governador", afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário